31 de Outubro, 2023
Horário: 21:30
Cidade: Paços de Brandão

Coro do CiRAC

O Coro do CiRAC tem sede em Paços de Brandão. Foi formalmente fundado em 1976 e tem desenvolvido uma atividade musical Litúrgico-profana, com uma incursão por estilos musicais muito diversificados e arrojados. A direção musical do Coro esteve a cargo, desde a sua formação, dos maestros Mário Anacleto (um dos fundadores do coro e do CiRAC), Emanuel André Melo, Silvina Tavares, José Resende, Georgina Teixeira, Ernesto Coelho e Vitor Sousa. Atualmente é seu diretor musical o maestro Job Tomé.

Esteve presente em diversos encontros de coros, do Norte ao Sul do país. Participou em concertos em Aveiro, Viseu, Coimbra, Évora, Montemor-o-Novo, Faro, Porto, Lisboa, Ovar, Santa Maria da Feira, e em muitas outras localidades. Tem participado, desde a sua primeira edição, no Festival Internacional de Música de Verão de Paços de Brandão (originalmente designado Festival de Música de Verão) que já conta com 45 edições ininterruptas.

 

 

Job Tomé

Natural de Matosinhos, estudou no Conservatório de Música do Porto foi licenciado e mestrado em Canto pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto (ESMAE), sob a orientação do professor Rui Taveira. Fez parte do Estúdio de Ópera da Casa da Música onde come ou a trabalhar com o professor Peter Harrison. Foi premiado nos concursos da Funda ão Rotária Portuguesa, pela (ESMAE) obteve o prémio Helena Sá e Costa e pelo concurso de canto

Luísa Todi. Em Fran a integrou o Centre National d’Artistes Lyriques de Marselha (CNIPAL e a Academia do Festival internacional de Ópera de AIX-en- Provence. É membro fundador e preside desde o seu início a companhia de ópera all’opera. É professor de Canto na Jobra e Instituto Politécnico de Bragança.