13 de Outubro, 2021
Horário: 17:30
Local: Auditório da Academia de Música
Cidade: Paços Brandão

Concurso Internacional Paços’ Premium

A criação do Concurso Nacional “Paços’ Premium” pela Academia de Música de Paços de Brandão, no ano lectivo de 2006/2007, foi o culminar de um projecto educativo sustentado num enorme empenho de toda a comunidade escolar. Trata-se de um concurso inovador/precursor nesta região que conquistou de imediato uma dimensão notável, confirmada pelo excepcional número de concorrentes. Desde a I edição até à última, o número de candidatos duplicou. Hoje, na sua XIV edição, este concurso constitui um excelente meio de reconhecer e valorizar publicamente o investimento diário que centenas de jovens instrumentistas fazem para aperfeiçoar a sua técnica e musicalidade. Realiza-se anualmente e os melhores talentos têm acorrido ao Paços’ Premium, abrilhantando-o com a excelência das suas interpretações, contribuindo ainda para um notório acréscimo de nível. Na XI edição, o concurso passou à esfera internacional. Entre os objectivos deste projecto figuram a promoção do intercâmbio de aprendizagens entre alunos de diversas instituições, o incentivo à conquista de novos patamares de desempenho e inerente qualificação artística, o despertar precoce de aptidões no domínio da música erudita, a democratização no acesso à Cultura pela promoção de um evento com um elevado nível de performance. O Concurso Internacional Paços’ Premium assumiu já uma marca identitária cultural e artística não só da AMPB, como do município de Santa Maria da Feira e da freguesia em que se insere.

 

Concurso Internacional Cidade do Fundão

O Concurso Internacional “Cidade do Fundão” vai na sua 20a Edição. Começou por ser um desafio de âmbito pedagógico, idealizado por um grupo de professores da então recém- criada Academia de Música e Dança do Fundão, a nova valência da Santa Casa da Misericórdia do Fundão, cujo intuito visava, inicialmente, facultar novas experiências aos alunos de música da região, promovendo-os, divulgando o trabalho que se realizava na Academia e proporcionando-lhes contactos com alunos e professores de outras escolas de música de Portugal. Contrapondo os Concursos tradicionalmente já existentes em Portugal em meios de maior visibilidade e recursos, o Concurso do Fundão tem vindo a afirmar-se ao longo destes 17 anos de existência no plano cultural nacional e internacional; para isso tem contribuído o elevado número de concorrentes que o procuram anualmente e a qualidade dos jurados que nele fazem parte. Gradualmente e de uma forma faseada, o concurso tem vindo a abarcar diferentes variantes. Inicialmente apenas com o Piano, ao qual se foram juntando sucessivamente a Guitarra, o Violino, o Canto e neste ano de 2017, o Violoncelo. Incentivar e cultivar nos jovens o gosto pela música, foi e será sempre o apanágio deste concurso, agora de âmbito Internacional. Dar a conhecer e divulgar a música erudita de compositores portugueses, através de novos repertórios, no nosso país e além-fronteiras, é outro dos requisitos que esteve na base da criação deste concurso. A parceria com outras instituições semelhantes, tanto em Portugal como no estrangeiro, nomeadamente no Brasil, tem contribuído para a realização de concertos, promovendo os laureados que mais se destacaram em cada edição do Concurso Internacional “Cidade do Fundão”. Combater a rotina em prol do dinamismo cultural dos jovens continuará a ser a nossa aposta futura.